O que é?

O Problema:

O Plano de Estudo é uma ferramenta muito importante e trabalhada na grande maioria dos colégios, de fato, se seguida, ajuda na organização do aluno na preparação para as provas.

A fórmula é simples: o aluno procura o colégio, senta com o profissional que vai ajudar a montar um Plano de Estudo, trabalhando disponibilidade e compromisso, gerando no final uma folha de papel com os dias da semana: segunda feira ele vai estudar determinada disciplina, terça outra e assim por diante. Quando o aluno é pró-ativo, ele busca o Plano de Estudo logo cedo, antes mesmo das primeiras provas.

E assim começa o ano letivo com o seu plano impresso:

SEGUNDA
TERÇA
QUARTA
QUINTA
SEXTA
SÁBADO
DOMINGO
MAT
POR
HIS
GEO
BIO
FIS
ING
FIL
QUÍ
RED
LIT

Tab: Exemplo Plano de Estudo tradicional

Mas, muitas coisas vão acontecer depois do plano recebido:

– as provas e testes são agendados, assim se o Plano de Estudo dizia para estudar matemática e inglês na segunda-feira, mas com uma prova de português na terça-feita, o plano não poderá ser seguido e começa uma bola de neve com disciplinas ficando sem estudo durante a semana;

– um feriado, um aniversário em família, o fim da novela, o fim do Big Brother, o fim do MasterChef, enfim, muitas datas onde se tinha um plano dizendo para estudar novamente não vai ser usado;

– a nota de matemática melhorou, mas a de português caiu, e o plano não se atualiza. Abaixo um gráfico simples, mas de informações relevantes: João e Maria apresentaram resultados diferentes em B1, B2, B3 portanto seus Planos de Estudo devem ser dinâmicos para cada bimestre;

Tanto João e Maria tiveram resultados diferentes nos bimestres, seus planos estáticos foram abandonados já no segundo bimestre, e precisam voltar ao colégio para fazerem novos planos.

O PEP Dinâmico:

O Plano de Estudo Personalizado (PEP) é um sistema que reside na Internet, um banco de dados que armazenará as informações pedagógicas e disponibilidade do aluno, tratando cada um de forma individual, e que fornecerá diariamente a programação de Estudo, que muda de acordo com alguns fatores controlados pelo aluno:

Banco de Horas Pessoal: o aluno poderá configurar quantas horas ele dispõe por dia de forma que o PEP vai colocar as disciplinas para estudo nos dias permitidos. Se naquela semana algum evento alterar a agenda do aluno, basta zerar as horas naquele dia que o PEP vai redistribuir as disciplinas nos dias restantes.

Déficit de Horas: O PEP considera que o mínimo (e suficiente) de tempo de estudo de uma disciplina, quando feito regularmente, é de 1 hora por dia, assim, ao sugerir Matemática e Português numa quinta-feira, serão 1 hora para Matemática e 1 hora para Português. Se, para elaborar o plano da semana o aluno não coloca a disposição horas suficientes, o PEP vai indicar um Déficit, ou seja, o aluno precisará ajustar seu Banco de Horas para “encontrar” mais horas na sua agenda.

Agenda de Provas e Testes: a aluno preencherá com a sua agenda de Provas e Testes de forma que, em havendo uma prova de matemática na quarta-feira, a agenda de terça será travada para estudar matemática! A(s) disciplina(s) de terça feira será(ão) realocada(s) para os demais dias.

Resultado Boletim: a aluno preencherá com as disciplinas e médias anuais, de forma que o PEP vai priorizar aquelas com média abaixo de 7,0

PEP em colegas:

Todos se deparam com colegas que são muito bons, que muitas vezes, para não ficarem com uma imagem distante dos colegas, colocam que nem estudam tanto, mas que não fique a dúvida: são bons e portanto possuem organização, mantem-se em dia com estudos, trabalhos. Como seria bom saber o que ele está fazendo, o que está estudando, que coisa está lendo, estudando, a ideia é que se for possível pegar um pouco do que este brilhante aluno está fazendo, juntando isso com meu PEP, meus resultados certamente vão melhorar.

O PEP prevê a possibilidade de que este aluno brilhante possa ajudar colegas, por isso o PEP possui a figura do Orientador, que pode ser este colega brilhante, ou um profissional (Professor, Orientador), de forma que é possível receber dicas que podem melhorar meus estudos. Por exemplo, o aluno pode se preparar para estudar matemática, e se souber que o aluno brilhante está estudando os exercícios da pág 10 do livro, pronto, tenho maiores chances de estar fazendo o melhor para atingir meus resultados.

O procedimento é simples, inicia-se com um convite de um aluno do PEP para outro aluno ou Profissional, este pode ou não aceitar, a partir do momento que aceita, pode disparar de tempos em tempos dicas para os colegas seguirem.

Para quem se destina?

O projeto visa alunos de uma forma geral, de qualquer segmento, que desejam uma ferramenta para auxiliar no planejamento de estudo.

Pode ser também contratado em lote por Escolas.

Como funciona?

O PEP é simples de ser utilizado, acessado a partir de http://www.mamorim.eti.br/pep para todos os níveis (aluno, professor).

As informações armazenadas serão o nome do aluno, email, e as notas, as agendas de provas, horas disponíveis para estudo diário, logo, não são informações sensíveis, não há necessidade de CPF, Telefone, Endereço, etc.

Estará disponível no regime de 24×7 e enquanto se tratar de um projeto piloto, poderá ter paradas para manutenção ou introdução de novas funcionalidades.

Algumas telas do projeto:



Tela inicial do aluno
 
 


Tela de configuração de banco de horas pessoal
 
 


Tela de configuração das disciplinas, médias anuais, próxima prova
 
 


Tela com o plano de estudo da semana
 
 


Tela com o plano do dia
 
 

Quanto custa?

Em 2017, ano de previsão de fase piloto, será gratuito, de acordo com o interesse, a partir de 2018 deverá ter uma taxa anual com previsão de R$ 20,00.

Em caso de Colégio que deseje contratar, este valor certamente será menor.

Como contratar?

Inicialmente através do formulário abaixo:


Formulário interesse no PEP